Batman – Dia das Bruxas

Fala galera, beleza?! O review da vez é Batman – Dia das Bruxas (não confundir com O Longo Dia Das Bruxas)

Esse encadernado é uma coletânea com três contos do Morcego que se passam no Halloween e envolvem diferentes vilões. Todos escritos por Jeph Loeb e desenhados por Tim Sale. O primeiro, Temores, foi o especial do dia das bruxas de 1993. Loucura, o segundo conto, especial de 1994. E, por fim, Fantasmas foi publicado em 1995. Bom, vamos falar um pouco de cada um deles e, depois, uma visão geral do encadernado…

IMG_0389

Temores: Aproveitando o Dia das Bruxas, o vilão Espantalho começa a explodir torres de energia para realizar grandes saques ás escuras com sua gangue. Em uma dessas tentativas de explosão ele é capturado pelo Batman e entregue para a GCPD. Usando seu gás alucinante, que traz à tona os medos mais profundos das pessoas, ele escapa da polícia e volta a ser um problema para Gothan City. Aqui começa uma nova busca para prender o Espantalho. Em paralelo à história do vilão temos dois pontos a serem destacados: o primeiro é uma trama paralela que envolve Bruce e uma linda mulher misteriosa, pela qual o bilionário se apaixona… o segundo é uma nova faceta do herói mostrada por Loeb. Nesse conto temos um Batman cansado, atormentado pelo dilema de ser o protetor de Gothan e ao mesmo tempo querer uma vida normal. E são detalhes como esses que fazem um simples conto de dia das bruxas, herói versus vilão, se tornar diferente dos outros. A trama ganha profundidade e a leitura se torna muito mais prazerosa.

Loucura: Conto baseado na obra Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll. Dessa vez temos Batman perseguindo o insano Chapeleiro Louco, que resolveu sequestrar crianças para participarem de suas fantasias no país das maravilhas. A história passa a envolver mais suspense ainda quando uma das crianças sequestradas é a filha adotiva do inspetor Gordon, a Babs. Além disso, temos outras duas tramas paralelas que dão aquele “algo a mais” para esse conto. Uma são os dramas familiares de Jim Gordon e a outra são as lembranças de infância que ainda atormentam o Morcego. Mais uma história muito boa da dupla Loeb e Sale.

Fantasmas: Inspirado em Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Dessa vez a caça ao vilão não é o centro da trama. Bruce está dando uma festa de caridade em sua mansão quando ela é invadida por ninguém mais, ninguém menos que Oswald Cobblepot, o Pinguim. Após uma perseguição bem sucedida o bilionário volta pra casa para descansar. Por não estar se sentindo bem ele vai dormir… e aí começa a aventura de auto-descobrimento do Morcego. Em uma jornada ao passado, presente e futuro que envolve o Coringa, a Hera Venenosa e a própria morte, Bruce Wayne se vê diante de sua própria solidão e começa a se dar conta de todas as oportunidades que perdeu durante a vida por ser reservado demais, além de muito dedicado ao Batman. Outro excelente conto que traz novas abordagens psicológicas para o herói de 75 anos.

Bom galera, como comentário geral tenho alguns pontos a dizer:

– A arte do Tim Sale é muito boa. Alguns desenhos de uma ou até duas páginas são fantásticos. O Batman dele me deu a impressão de ser mais sombrio… de meter mais medo, mesmo.

– Ponto para o Loeb no excelente trabalho com os personagens secundários em todos os contos, em especial com o Gordon e o Alfred.

– E, por último, ponto para a Panini com o encadernado. Capa dura, bom acabamento e uma cor de capa linda!

Fica então a recomendação galera. Três excelentes contos, ótimo encadernado!

E aí, o que acharam?!

2 Responses

  1. Roger

    Só havia lido O Longo Dia das Bruxas e Vitória Sombria, mas depois de ler seu review me senti motivado a comprar esse encadernado. Acho que ainda dá para encontrar em alguma loja especializada. Se você tiver um tempinho para dar uma olhada, tenho um blog especializado em Marvel e DC que está no ar desde março de 2013: http://planetamarveldc.blogspot.com.
    Parabéns pelo post.

    Responder
    • admin

      Que bom que o review te motivou, Roger. Essa é a razão do Blog existir =)
      Pode deixar que vou olhar com calma seu Blog.
      Um abraço!

      Responder

Opine!

Your email address will not be published.